"2012" é a ficção mais absurda de todos os tempos

A NASA em parceria com a Science and Entertainment Exchange elaborou uma ranking com as ficções científicas menos plausíveis da história do cinema. O filme "2012" de Roland Emmerich, que retrata o fim do mundo e mostra a destruição de monumentos como o Cristo Redentor, no Rio, encabeça a lista. Também constam na lista os filmes "O núcleo - Missão ao centro da Terra" e "Armageddon".
Por outro lado, os filmes "Gattaca" (que foi indicado ao Oscar), "Parque dos dinossauros" e "Contato" foram consideradas as ficções científicas mais realistas.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!