Ronaldo, acorda pra vida!

OBS.: O TEXTO A SEGUIR FOI TIRADO INTEGRALMENTE DO BLOG DO NETO. POIS ELE EM POUCAS LINHAS FALOU SÓ TUDO PRO 'ASTRO' DO CORINTHIANS.

SE LIGA NA LETRA:

"

Venho de um tempo que o futebol era diferente. Era mais romântico. O jogador muitas vezes cuidava de sua própria chuteira. Acertava seus próprios contratos. Não tinham tantas cifras envolvidas em uma negociação. E mesmo sabendo que hoje eu poderia ter ganho muito mais grana, não troco meu passado por nada. A cobrança da torcida era maior??? Muito mais. Era justa? Na maioria das vezes eu acha que não pela limitação técnica do time. Mas com o tempo eu pude compreender que para jogar no Timão a parada é mais embaixo. 

Quando o Ronaldo, o Fenômeno, falou em seu twitter que me aproveito do Corinthians para ganhar dinheiro, dá vontade de rir dele. Afinal, além de nunca chegar pertos de seus R$ 1,5 milhão por mês, a maior parte dos 6 anos em que joguei no clube foi através de um contrato assinado em branco. Confiava na palavra do presidente Matheus. E a recíproca era verdadeira. Sempre fui apaixonado pelo meu time. Nunca escondi. Tanto é que muita gente até hoje me cobra imparcialidade. Algo que, mesmo admitindo a paixão, tento passar nos meios de comunicação onde trabalho.

Só quero dizer a todos que vivi intensamente minha vida de jogador. Nunca precisei ficar me arrastando em campo para ganhar mais uns trocados. Aliás, no caso do Ronaldo, que trocados, hein? Quando me manifestei no twitter foi porque não me conformei (principalmente depois de tudo o que aconteceu) com o Ronaldo falando que jogava por amor. Isso é inaceitável! Ele nunca teria vindo para o Parque São Jorge por amor. Nunca. Se fosse pelo sentimento teria ficado na Gávea, onde está a equipe por onde ele realmente declarou amor. 

Ronaldo, você amava o Flamengo. Se mudou, és vira-casaca! Já meu sentimento cresceu comigo desde 1977. Desde o gol do Basílio. Desde o radinho de pilha que estava escutando com minha mãe. Desde o giz que peguei no chão para escrever nos muros de Santo Antônio de Posse: “Corintians Campeão”. Sem “H” mesmo. Portanto rapaz, acorda pra vida! Você é astro, um dos maiores que vi jogar, famoso, tem o que quer. Ou quase. Porque para ser ídolo do Corinthians precisa ter um algo mais. E algo que você, por preguiça, deixou de conquistar."

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!