Mesmo sem proposta oficial, Fla reacende assunto Vagner Love

Seja no Engenhão ou no Castelão, os gritos por Adriano são o novo ingrediente do cotidiano rubro-negro. Os pedidos incomodam a diretoria, que tem na figura do diretor Luiz Augusto Veloso o principal opositor à contratação. Foi dele a sugestão, aprovada por Vanderlei Luxemburgo, de se especular o retorno imediato de Vagner Love.
Acossado pela forte pressão para a chegada de um goleador, Veloso ligou para o empresário Evandro Ferreira na semana passada. Queria saber como estava a situação do Artilheiro do Amor no CSKA. Não acenou com valores, possibilidades. Apenas flertou e pediu para que o empresário “conversasse com os russos” para tentar a liberação.

Evandro avisou que iria a Portugal assistir ao duelo contra o Porto, nesta quinta-feira pela Liga Europa, e comunicou que não iria negociar sem uma proposta oficial. Ele não quer se indispor com os dirigentes do clube europeu e disse que aguardaria um documento oficial do Flamengo. Por enquanto, nada chegou até a caixa de entrada do email do agente. O Rubro-Negro não tem dinheiro, nem patrocinador que banque o retorno de Love, e a chance de o time russo liberá-lo em troca de pouco ou gratuitamente é zero.

Há uma semana, Luxemburgo fora taxativo ao dizer que Adriano não faz parte dos planos por não se encaixar na nova filosofia do Flamengo. Nesta terça-feira, Veloso afirmou que Love deixou uma impressão bem diferente daquela do Imperador. Nos seis meses em que esteve no clube, faltou só a um treino (um sábado) e o repôs no dia seguinte (domingo, dia das mães), que era folga de todo o grupo.

- Não estava aqui na passagem do Vagner Love, mas, vendo de longe, os comportamentos são diferentes, o compromisso é diferente. Se encaixa mais.

Como o próprio jogador ressaltou em entrevista recente, 2011 é o ano do centenário do CSKA. A disputa da Liga dos Campeões no segundo semestre e do Campeonato Russo, que começou no último fim de semana, são as prioridades. O contrato dele termina apenas em 2014 e os dirigentes recusaram recentemente proposta acima de R$ 40 milhões do Everton.

Mesmo sabendo da dificuldade do negócio, a diretoria gostou de ver o nome de Love tomando o noticiário. Só não contava com os gritos por Adriano no treino da equipe em Fortaleza. Em seu Twitter, o advogado do jogador, Diogo Souza, confirmou que o interesse ainda não passou à fase do papel timbrado.

- O Flamengo não fez proposta oficial ao Vagner Love, nem ao CSKA.

Enquanto o Flamengo sonha, Adriano está no Rio de Janeiro e recebe telefonemas constantes de uma pessoa ligada ao Corinthians. O Santos também procurou o empresário do jogador, Gilmar Rinaldi.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!