Operação para fechar bingos tem mais de 400 detidos no RJ

Policiais de diversas delegacias distritais e especializadas detiveram 414 pessoas, nesta quinta-feira (3), na continuação da megaoperação desencadeada na quarta-feira (2) com a finalidade de fechar casas de jogos e bingos. As delegacias da capital prenderam um total de 176 pessoas, entre apostadores de jogos e funcionários das casas de jogos. No interior do estado, foram presas 171 pessoas e na Baixada Fluminense 67.

Segundo a Polícia Civil, materiais como cartelas de jogo de bicho, talões de resultados, carimbos e dinheiro foram apreendidos. Mais de 140 procedimentos foram encaminhados para o Juizado Especial Criminal (JECRIM). O material apreendido foi encaminhado ao Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE).

Máquinas caça-níqueis

Também nesta quinta, agentes da Polícia Federal apreenderam 45 máquinas caça-níqueis e cerca de R$ 2 mil durante uma operação realizada em estabelecimentos comerciais de ruas do entorno do Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, no subúrbio do Rio.

De acordo com o delegado Marcelo Daemon, quatro suspeitos foram presos e serão levados para o presídio Ari Franco, em Água Santa, também no subúrbio. A ação batizada de “Operação Estrangulamento III”, contou com o apoio da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar.

Segundo Daemon, os cinco endereços apontados como pontos de exploração do jogo ilegal foram vistoriados. Todo o material recolhido foram levados para a Superintendência da PF, na Praça Mauá, no Centro do Rio.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!