Japão cria computador mais rápido que 1 milhão de desktops conectados

Um supercomputador fabricado pela companhia japonesa Fujitsu se tornou o PC mais rápido do mundo, segundo a classificação TOP500, elaborada por universidades alemãs e norte-americanas e divulgada nesta terça-feira (21) pelo diário "Nikkei". Chamado de “K", o PC da Fujitsu ainda está em desenvolvimento e sua performance é equivalente a 1 milhão de desktops conectados, de acordo com o site “The Telegraph”.


O supercomputador, criado em colaboração com o instituto japonês Riken, foi capaz de efetuar 8.160 trilhões de operações por segundo, mais que o triplo do chinês Tianhe-1A, considerado o mais rápido na classificação anterior. O “K” possui 672 gabinetes e um total de 68.544 CPUs. Além disso, o computador usa energia suficiente para abastecer 10 mil casas.

A lista dos computadores mais rápidos do planeta é produzida duas vezes ao ano. O projeto "K" conta com um investimento de cerca de 112 bilhões de ienes (975 milhões de euros) e deve ser destinado ao cálculo de previsões de mudanças climáticas, detalhou a agência "Kyodo".

Com o reconhecimento desta edição da TOP500, o Japão se colocou pela primeira vez nos últimos sete anos no topo da lista, historicamente dominada pelos Estados Unidos e que, nas últimas edições, viu uma maior concorrência da China e Índia.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!