Chevrolet Cruze

O Chevrolet Cruze chega ao Brasil disposto a colocar a GM de volta na briga no segmento dos sedãs médios, já que o Vectra, que saiu de linha, estava com baixas vendas e design ultrapassado.

Com plataforma global e a nova identidade visual da GM, o Cruze já estava disponível em algumas concessionárias e as entregas começam a ser feitas na segunda quinzena de setembro. Fabricado na planta de São Caetano do Sul, o Cruze chega em três versões de acabamento: a LT manual, por R$ 67.900, a LT automática (R$ 69.900) e a LTZ (R$ 78.900).

 O sedã já vem em sua versão de entrada, a LT manual, com itens de série como faróis de neblina, direção elétrica, ar-condicionado digital, freios ABS com EBD, airbags frontais e laterais, controle de estabilidade, volante multimídia com piloto automático e conexão Bluetooth e USB. A LT automática acrescenta sensor de chuva, revestimento em couro nos bancos e transmissão automática de seis velocidades com trocas no volante. Já a LTZ vem com roda de liga leve, tela de 7 polegadas para a central multimídia, revestimento em couro no painel, GPS e botão de partida.

Sob o capô, o Cruze vem com o novo motor Ecotec flex 1.8 16V, que entrega 144 cv de potência e 18,9 mkgf de torque quando abastecido com etanol. Uma das novidades do propulsor é o duplo comando de válvulas continuamente variável. Segundo a GM, a versão manual atinge 100 km/h em 10,8 segundos e alcança 204 km/h.

Vídeo

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!