Nova tecnologia nos cinemas: o fim dos óculos 3D pode estar próximo

A tecnologia 3D já ficou comum nos cinemas, e muitos preferem os filmes tridimensionais a qualquer projeção em duas dimensões. O fato é que um filme em 3D se tornou uma opção mais cara nos cinemas, e não uma característica padrão dos filmes. Entretanto, as três dimensões poderiam se tornar um padrão para todos os filmes - bastaria que os cinemas aplicassem um filtro tridimensional no topo de seus projetores e... bingo!

Uma nova técnica produzida por uma equipe sul-coreana, no Optics Express, sugere uma nova maneira de assistir a filmes em 3D sem utilizar os incômodos óculos plásticos com "lentes especiais". E ao que parece, seria um investimento de baixo custo para os cinemas.

Segundo o Wired, a novidade funciona da seguinte forma: uma matriz especial é colocada na frente do projetor e polariza sua luz. Um filtro pode ser utilizado para cobrir a área de projeção e escurecer diferentes regiões verticais da tela, dispostas como as réguas de uma veneziana. Cada olho, estando em ângulos ligeiramente diferentes, vê apenas uma parte da tela. O efeito 3D se dá pelas imagens intercaladas que o olho esquerdo e o olho direito enxergam durante a exibição. O truque seria então fazer com que a luz visível para o olho esquerdo contenha apenas os pixels dedicados a ele, e vice-versa para o olho direito.
Atualmente, os projetores 3D que dispensam o uso de óculos exibem o filme em uma resolução relativamente baixa. Bastam alguns ajustes para resolver estes problemas e, logo logo, os cinemas passarão a incorporar a nova tecnologia em seus projetores e telas, eliminando de vez o uso dos óculos 3D.


Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/cinema/O-fim-dos-oculos-3D-pode-estar-proximo/#ixzz24ZgBpzNv

1 Comentário(s) - Add Yours

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!