20 maneiras de ajudar alguém hoje

“Se quer que os outros sejam felizes, pratique a compaixão. Se quiser ser feliz, pratique a compaixão.”
- Dalai Lama
Vivemos numa sociedade cada vez mais alienada e desumanizada: os carros retiraram-nos das ruas, onde passeávamos a pé e cumprimentávamos toda a gente; os cubículos tornaram o mundo do trabalho num local isolado, assim como as fábricas e até os computadores; as televisões prendem-nos ao sofá e não nos deixam sair e conviver com outras pessoas; até no cinema, onde se concentram muitas pessoas, ninguém conversa porque estamos todos voltados para a tela gigante. Embora nada disto seja mau ou inapropriado, temos de assegurar que não nos estamos a isolar do mundo, trocando o amor pelo próximo e o valor de uma comunidade, pela exclusão social e a individualidade acentuada.

Há uma crescente tendência do egoísmo em detrimento da ajuda ao próximo, conhecido ou desconhecido, uma tendência que é preciso contrariar. É preciso lutar contra o egoísmo, a inveja e a avidez. Como? Dar mais de nós aos outros. Por que? Ao estender a mão a outro ser humano vai sentir-se melhor consigo próprio; vai melhorar algum aspecto da vida dessa pessoa, nem que seja apenas naquele momento; a compaixão é contagiosa; o mundo torna-se, aos poucos, num sítio muito melhor. Quando? Hoje. Não sabe por onde começar? Damos-lhe uma pequena ajuda.
  1. Sorria e seja simpático. Um gesto tão simples e pequeno como este pode ter um impacto profundo no dia de outra pessoa, que pode acabar por fazer o mesmo por outra pessoa e por aí fora…
  2. Faça voluntariado. Não precisa de ir todos os dias ou todas as semanas, mas inscrever-se numa instituição onde possa fazer voluntariado é uma das coisas mais maravilhosas que pode fazer por si e por muitas pessoas que estão à mercê dos próprios voluntários.
  3. Pare para ajudar. A próxima vez que vir alguém deixar cair as compras, que parece estar perdido ou a mudar um pneu furado, pare e pergunte se pode fazer alguma coisa para ajudar. Só isso já é muito e, se puder apoiar de outra forma, tanto melhor.
  4. Ensine. Reserve algum do seu tempo livre para ajudar a ensinar alguém alguma coisa: ensine a sua mãe a utilizar o email, o seu pai a enviar sms, o seu filho a andar de bicicleta, um colega de trabalho a tirar melhor proveito de um programa informático.
  5. Doe alguma coisa que já não usa. Quem diz uma coisa, diz uma caixa ou um saco de coisas. Entregue-as em bom estado numa instituição que esteja a precisar disso mesmo.
  6. Console alguém que esteja a passar por um momento difícil. Quem estiver de luto, a viver uma doença ou qualquer outra dificuldade, precisa sempre de um ouvido amigo, palavras reconfortantes, um abraço forte, uma boa distracção, uma ajuda em casa ou fora dela para tratar de assuntos pendentes.
  7. Faça um donativo. Existem milhares de instituições que precisam diariamente de donativos, grandes ou pequenos. Em vez de comprar mais uma peça de roupa ou o mais recente gadget, utilize esse dinheiro para ajudar quem não se pode dar a esses luxos.
  8. Redireccione prendas. No seu próximo aniversário ou Natal, diga aos amigos e familiares que não quer presentes, prefere que eles os doem (ou dêem o equivalente em dinheiro) a instituições de caridade.
  9. Compre alimentos para um sem-abrigo. Nem todas as pessoas gostam de dar dinheiro a quem mendiga nas ruas, por isso, utilize-o para comprar um bolo, uma sanduíche, uma bebida quente ou fresca; ofereça estes alimentos com respeito e simpatia.
  10. Ajude alguém a tornar-se mais activo. Pode ser alguém que queira perder peso ou simplesmente iniciar uma rotina de exercício físico – acompanhe essa pessoa numa caminhada diária, numa volta de bicicleta ao fim-de-semana ou inscrevam-se num ginásio. O seu apoio pode ter um impacto profundo na vida (mais saudável) dessa pessoa.
  11. Seja um bom ouvido. Por vezes, uma pessoa que está triste, deprimida, zangada ou revoltada precisa apenas de um ouvido amigo. Deixar essa pessoa conversar e “descarregar” frustrações pode ser um gesto inesquecível e uma ajuda muito importante. 
  12. Trate de uma tarefa doméstica. Pode ser algo grande ou pequeno – lavar a loiça, passar a ferro ou tratar do jardim – mas será uma acção muito apreciada.
  13. Envie um e-mail simpático. Para além de ser uma excelente maneira de manter o contacto, um bonito e-mail pode ser perfeito para agradecer o jantar que os amigos lhe ofereceram no fim-de-semana passado ou então para dar os parabéns à prima pela promoção.
  14. Mostre o seu apreço por alguém publicamente. Elogiar alguém no seu blog, em frente aos restantes colegas de trabalho ou na presença da família é uma óptima maneira de os fazer sentir valorizados.
  15. Seja paciente. Por vezes, e pelos mais diversos motivos, as pessoas têm dificuldade em perceber, aprender ou fazer alguma coisa, por isso, tenha paciência com o motorista do autocarro, a senhora do café, a sua assistente, os seus pais, filhos, marido ou mulher.
  16. Prepare um “cesto de carinho”. Um tupperware de sopa, uma lata de biscoitos, chá, chocolate, rebuçados, livros, revistas… qualquer coisa que ache que a pessoa possa precisar ou que irá adorar desfrutar. Pode ser oferecido a alguém que esteja doente ou simplesmente em baixo e a precisar de um mimo especial.
  17. Doe alimentos. Da próxima vez que for às compras, adquira um saco extra de arroz, enlatados e leite, deixando-o numa instituição necessitada no seu caminho de regresso a casa.
  18. Faça de babysitter. Todos os pais precisam de uma pausa de vez em quando. Se conhece algum amigo ou familiar que dificilmente tem uma “folga” dos seus filhos, ligue-lhes e ofereça os seus serviços de babysitter por uma noite. Eles nunca mais vão esquecê-la!
  19. Empreste a sua voz. Existem tantas pessoas necessitadas e desfavorecidas no mundo, a precisar de se fazerem ouvir, mas a não conseguirem. Dê a sua voz por essas pessoas – não precisa de assumir a causa sozinho, mas pode juntar-se a um grupo de apoio a mães solteiras, divulgar uma petição que necessita de assinaturas, escrever cartas às entidades oficiais, participar em manifestações ou vigílias.
  20. Ame. Não há nada mais poderoso e reconfortante no mundo do que o amor, especialmente quando é genuinamente dirigido a outra pessoa em forma de simpatia, carinho, um sorriso, abraço, beijo ou tempo de qualidade. Exprima o seu amor – para quem está a recebê-lo, é muito mais importante do que alguma vez imaginou. 
Fonte: EstadoZen

Balanço mostra Universidade Federal do Ceará como a mais procurada do País

UFC aparece à frente das Universidades Federais de Minas Gerais (UFMG) e de Pernambuco (UFPE), que figuram em segundo e terceiro lugares


No último balanço parcial do Ministério da Educação (MEC), às 12h30min (horário de Brasília) desta quinta-feira (22), a UFC mais uma vez aparece como a mais procurada do País no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com 171.787 inscrições.

A UFC aparece à frente das Universidades Federais de Minas Gerais (UFMG) e de Pernambuco (UFPE), que figuram em segundo e terceiro lugares, com 169.661 e 166.674 inscrições, respectivamente.

Na mais recente checagem feita pela própria UFC, às 12h (horário local) de hoje, o curso mais procurado é Medicina-Fortaleza, com 7.282 inscritos. Em seguida, aparecem Administração-Noturno (5.978 inscrições), Psicologia-Fortaleza (4.882), Direito-Noturno (4.871) e Enfermagem (4.290).
Em relação às notas de corte, de acordo com o último balanço do MEC, realizado às 2h (horário de Brasília) de hoje, a mais alta na UFC permanece com o Curso de Medicina-Fortaleza: 789,24, na ampla concorrência. Em seguida, estão os cursos de Medicina-Sobral (781,74), Engenharia Civil (754,90), Direito-Diurno (757,92) e Direito-Noturno (748,46). 

As inscrições para o Sisu 1º/2015 se encerram hoje (22), às 23h59min (horário de Brasília). Candidatos em estados que não têm horário de verão, como o Ceará, devem ficar atentos, pois o sistema fechará uma hora mais cedo, ou seja, às 22h59min. A divulgação do resultado final está prevista para a próxima segunda-feira (26), conforme o MEC.

Desde 2012 a UFC lidera o ranking de universidades mais procuradas no Sisu. Este ano, foram ofertadas no Sistema 6.238 vagas em 106 cursos de graduação presencial nos campi de Fortaleza, Sobral, Quixadá, Russas e Crateús.

Fonte:
Universidade Federal do Ceará

#VagasFortaleza Urgente - CAIXA SUPERMERCADO

Recruta para Empresa-cliente atuando a 18 anos no mercado de panificação.
CAIXA: No de Vagas: 02
 
Requisitos:
       Ensino Médio Completo;
       Experiência mínima de 1 ano como CAIXA de
supermercado/panificadora de médio ou grande porte;
       Atuação de mais de 2 anos em cada empresa,
sem rotativdade no currículo;
        Conhecimento em informática.
 
Atividades:
 Abertura e fechamento do caixa;
Realização de sangria conforme orientação;
Retirada da leitura X e Z;
Realizar operações em maquinetas de cartões de crédito;
Limpeza do ambiente de trabalho;
Verificar quebra de caixa;
Auxiliar na organização de loja;
 Verificar etiquetas e validade de produtos;
Outras atividades.
 
Remuneração:  
Salário R$ 750,00 + 5% de quebra de caixa + R$ 150,00 de bonificação ;
 VT, alimentação no local.
 
Horários:
Horário - 06:30 às 14:30      /         Horário - 07:30 às 16:30
Horário - 13:40 às 22:00      /         Horário - 14:00 às 22:20
 
Folga : conforme escala. 1 folga por semana
 
Os interessados , favor enviar currículo até o dia 20 de JANEIRO ,com assunto CAIXA, para: recrutamento@maestriaconsultoria.com.br
Somente serão avaliados que estiverem dentro do perfil

#vagasFortaleza PROFESSOR DE MÚSICA - Vivaz Soluções em RH

Interessados devem enviar o currículo até dia 19/01.
 
 

#vagasfortaleza ESTAGIÁRIO DE GASTRONOMIA

Restaurante self service no Meireles, seleciona: ESTAGIÁRIO DE GASTRONOMIA a partir do 1ª semestre (superior ou técnico).

Horário de trabalho: de 7h ÀS 15h30min 4 dias: segunda / quarta / quinta / sexta.




Enviar currículo para: selecaofortaleza2014@gmail.com

Estudantes de pós-graduação devem receber bolsas atrasadas nesta semana

Estudantes de pós-graduação com bolsas atrasadas desde o fim do ano passado deverão receber o pagamento nesta semana. São bolsistas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) de mestrado e doutorado, que recebem, respectivamente, R$ 1,5 mil e R$ 2,2 mil, informa o portal da autarquia.

Em nota, a Capes diz que o pagamento das bolsas de estudo relativos a dezembro foi feito na sexta-feira (9) e que os valores serão creditados na conta dos bolsistas nos prazos de compensação bancária.

A presidenta da Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG), Tamara Naiz, disse hoje (12) que os estudantes esperam que o crédito ocorra até amanhã (13), respeitando o prazo das compensações. Caso contrário, a associação, que também se reunirá amanhã, proporá manifestações e até mesmo a paralisação das pesquisas.

"Os pós-graduandos não entraram em recesso. Muitos continuam trabalhando nos laboratórios. A maioria absoluta precisa do valor, porque boa parte dos programas não permite vínculo empregatício", ressaltou Tamara. "As contas de luz, o transporte, a alimentação não esperam. Os estudantes estão tendo muita dificuldade para se manter", acrescentou.

Inep divulga dia 13 de janeiro resultados do Enem 2014

Os mais de 6 milhões de estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão conferir os resultados da prova a partir de amanhã (13) na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Para ter acesso ao resultado, os candidatos precisam do número de inscrição ou do CPF e da senha criada no momento da inscrição.

O gabarito das provas está disponibilizado aos estudantes desde o ano passado. A correção da prova, todavia, leva em consideração mais do que apenas a contagem dos erros e acertos. O valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros naquele item, sendo usada a Teoria de Resposta ao Item (TRI).

Assim, uma questão que muitos candidatos acertaram é considerada mais fácil e não valerá tantos pontos. Já o candidato que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

A nota do Enem poderá ser usada para participar do Sistema ùnico de Seleção Unificada (Sisu), cujas inscrições serão de 19 a 22 deste mês, e do Programa Universidade Para Todos (ProUni), com inscrições de 26 a 29 de janeiro. Servirá também para certificar o ensino médio, obter empréstimo pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), além de participar do programa de intercâmbio Ciência sem Fronteiras. No ano passado, o exame foi realizado em mais de 1,7 mil cidades brasileiras. (fonte)

Carteira de Estudante 2015 - Fortaleza

A solicitação da carteira de estudante será reiniciada no próximo dia 5 de janeiro, com o início do processo de 2015.

A documentação exigida para solicitação é declaração de matrícula atualizada ou Carimbo e Assinatura da direção da Instituição; cópia do RG do aluno ou Certidão de Nascimento do aluno acompanhada da cópia do RG do responsável.

Mais informações: 3452.9324/ 3452.9310

Jogador de Seleção erra cavadinha feio!

Duas nações cuja rivalidade vai muito além dos campos de futebol se encontraram neste domingo dentro das quatro linhas, e a partida produziu um lance que seria cômico se não fosse trágico (para seu protagonista).

O Irã vencia por 1 a 0, quando o atacante iraquiano Younes Mamhoud teve a chance de empatar o placar em um pênalti. Mas ele resolveu inovar na cobrança e tentou uma cavadinha.

Ele só não esperava pegar muito embaixo na bola. O resultado está no vídeo que você vê a seguir.



Só restou a Mamhoud levar as mãos à cabeça, amargamente arrependido de sua ousadia e falta de destreza.

O Irã acabaria vencendo o amistoso. (Fonte)


Fuvest 2015: Questões de literatura foram mais difíceis do que gramática

Os professores de cursinhos ouvidos pelo UOL neste domingo (4) disseram que os candidatos que realizaram hoje a 2ª fase do vestibular 2015 da Fuvest tiveram mais dificuldade nas questões de literatura do que as de gramática e interpretação de texto.

Para Nelson Dutra, professor de português do Curso e Colégio Objetivo, a prova deste domingo exigiu do vestibulando "competência de linguagem" tanto para a prova de português quanto para a redação.

O professor afirma que as seis primeiras questões, que exigiam interpretação de texto e conhecimento de gramática (reforma ortográfica, reconhecimento da linguagem coloquial e ambiguidade), foram mais fáceis de resolver que as de literatura. "O aluno precisava conhecer a obra e também saber como redigir a resposta", comenta.

"Não dá para fazer a prova sem ler as obras, não dá para ler só os resumos. A Fuvest cobra detalhes da obra, o contexto em que ela foi escrita. É uma leitura realmente técnica", afirma Luís Ricardo Arruda, coordenador do Anglo Vestibulares.

O professor Celio Tasinafo, coordenador do Oficina do Estudante, chamou a atenção para uma questão de literatura em que o candidato precisava relacionar uma das obras de leitura obrigatória com as correntes filosóficas da época. "A Fuvest cobrou filosofia de uma forma indireta", afirma.
Outro professor que destacou a dificuldade da questão foi Lilio Paolollielo, diretor pedagógico do Cursinho da Poli. "Nessa pergunta, o candidato precisava respirar e escrever com consistência", disse.
Paolollielo afirma que de forma geral as questões de literatura exigiram mais do aluno do que as demais. "Hoje o candidato precisa ler e refletir sobre a obra dentro do seu contexto, porque a Fuvest não cobra só aspectos estilísticos, exige também que o candidato saiba os contextos históricos, sociais e culturais".

Os professores qualificaram esse primeiro dia de provas com dificuldade média e disseram que a Fuvest explorou bem as questões de gramática e interpretação de texto, com uso também de imagens nas questões.

Redação

Neste domingo, a Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) pediu ao candidatos que elaborassem uma dissertação sobre a "camarotização" da sociedade, a segregação das classes sociais e a democracia.

Na opinião de Dutra, o tema proposto na redação não foi difícil, mas exigia maturidade de reflexão e de linguagem do candidato. "Se o aluno fez duas redações do ano... [ele se complicou]", diz o professor. "Sem treino, não há jogo. Quem treinou pouco não tem capital de linguístico, nem cultural [para abordar o tema com tranquilidade]."

Já o professor do Oficina do Estudante disse que desigualdade social e segregação espacial das classes sociais são temas recorrentes e, por isso, o aluno precisava ficar muito atento ao recorte pedido pela Fuvest. "É um assunto sempre discutido em sala de aula, mas com um recorte bem atual. O problema é que, quando o assunto é muito recorrente, existe mais chance do aluno fugir do recorte proposto", afirma. (Fonte)

#GuiaDeCarreiras O que faz um Atuário?

Se essa pergunta valesse R$ 1.000.000,00 (Um milhão de reais), você ganharia ou perderia? Se fosse há um ano, eu perderia. 

A minha pesquisa pelo atividades de uma pessoa que faz o curso de Ciências Atuariais, começou no início do ano passado, quando estava em um curso que já não mais gostava e queria mudar. Surgiu então a curiosidade pelo curso de Atuariais, um nome um tanto estranho que não revela a essência do que realmente o curso pode ser, o nome poderia ser Administrador de Riscos, algo assim, e a seguir eu explico o porquê.

Há muitos anos, muitos mesmo, Atuário era o nome dado a pessoa que escrevia Atas. conforme explica Chaves, Historicamente, muitas definições foram dadas ao atuário, desde escriba e responsável pela elaboração das atas do Senado Romano, no período de 753 a 510 a.C, até a atual definição de uma das muitas associações profissionais existentes, a Internacional Actuarial Association – IAA:
Atuários são pensadores estratégicos multiqualificados, formados a teoria e aplicação da matemática, estatística, economia, probabilidade e finanças. Eles têm sido chamados arquitetos financeiros e matemáticos sociais, por causa da sua combinação única de habilidades analíticas e de negócios que são usadas para lidar com uma crescente variedade de desafios financeiros e sociais de escala mundial. (IAA, 2010) (Fonte)

Ou seja, nobre amigo leitor, é um profissional que vai aliar a matemática convencional, a matemática financeira e a matemática atuarial para resolver problemas que envolvam riscos financeiros e/ou vida ou morte. Ele é o responsável pelos cálculos que você vai pagar por um Prêmio, por exemplo. É o Atuário quem calcula quanto uma pessoa deve receber ao se aposentar e o custo de um plano de saúde.

O que estuda: As bases das Ciências Atuariais são a Matemática e a Estatística, aplicadas ao campo dos negócios. Por isso, estudantes do curso devem ter bastante afinidade com cálculos. Contabilidade, Demografia, Direito, Economia, Finanças e Informática também fazem parte da grade curricular.

Mercado de trabalho: O atuário pode trabalhar em empresas de consultoria, órgãos públicos, operadoras de planos de saúde e entidades de previdência, seguradoras, resseguradoras, instituições bancárias, financeiras, de capitalização e jogos educacionais. Segundo o Instituto Brasileiro de Atuária (IBA), as principais empresas privadas de finanças, seguros, capitalização e previdência aberta estão em São Paulo. O Rio de Janeiro, além de abrigar empresas de diversos segmentos, possui ainda duas agências reguladoras, a Susep (Superintendência de Seguros Privados) e a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Em Brasília, além da assessoria governamental para assuntos jurídicos ou de regimes públicos, está instalada também a sede de outra agência reguladora, a SPC (Secretaria de Previdência Complementar). Se forem levados em consideração os planos de assistência à saúde e os fundos de previdência municipais e estaduais, assim como as operadoras de planos de assistência à saúde, há vagas no mercado em todo o território nacional.

Remuneração média inicial: A remuneração do atuário em início de carreira é de R$ 2.500,00 para jornada de 40 horas semanais.

No Brasil, existem 18 cursos de graduação em Ciências Atuariais autorizados ou reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Ceará
  • Universidade Federal do Ceará
Minas Gerais
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Universidade Federal de Minas Gerais
  • Universidade Federal de Alfenas
Paraíba
  • Universidade Federal da Paraíba
Paraná
  • Faculdade de Estudos Sociais do Paraná
Pernambuco
  • Universidade Federal de Pernambuco
Rio de Janeiro
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Universidade Federal Fluminense
  • Universidade Estácio de Sá
  • Faculdade de Economia e Finanças do Rio de Janeiro
Rio Grande do Sul
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Rio Grande do Norte
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte
São Paulo
  • Universidade de São Paulo
  • Pontifícia Universidade Católica
  • Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas
  • Universidade Federal de São Paulo
  • Universidade Paulista
  • Universidade Federal de São Paulo - EPPEN
Sergipe
  • Universidade Federal de Sergipe

Portugal

Em Portugal existe um Mestrado em Ciências Actuariais, no
ISEG, Universidade Técnica de Lisboa

Alguns vídeos para entender melhor



Espero que agora, se te perguntarem o que um Atuário faz, você saiba responder, embora o nome seja meio desconhecido, as atividades do profissional estão cada vez mais no nosso dia a dia. Eu ainda acho que o nome deveria ser Administrador de Riscos, pois além de prever riscos, também os gerenciam.

Referências
¹ CHAVES, N. A.Origens da Ciência Atuarial e as Principais Áreas de Atuação do Atuário noBrasil: Uma Abordagem Introdutória.Fortaleza, 2010. Monografia (Graduação em Ciências Atuariais). Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária, Contabilidade e Secretariado Executivo. Fortaleza-CE, 2010. 84f.

A Entrevista #theinterview [Filme Completo]

Descrição: Por acidente, um famoso apresentador de um popular programa de televisão (James Franco) e seu produtor (Seth Rogen) são envolvidos em planos para assassinar o presidente da Coreia do Norte.