Haddad sugere a próximo ministro gabarito do Enem "sem cabeçalho" #enem2010

Perguntado sobre se haveria uma sugestão de melhoria para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) do próximo ano, o ministro da Educação, Fernando Haddad, sugeriu que os gabaritos viessem "sem cabeçalho". O comentário, que foi o momento mais descontraído da entrevista, ocorreu no final do encontro nesta segunda-feira (8), a respeito das falhas registradas no primeiro dia do exame, aplicado no último fim de semana.

Questionado diversas vezes sobre a responsabilidade do Inep no erro que aconteceu com o cabeçalho da prova, o ministro explicou que existe um "imprima-se", uma ordem de comando para o modelo de gabarito. "Houve a inobservância da portaria que regulamenta o Enem", disse. No entanto, ele não diz quem seria o responsável, se algum funcionário do Inep teria dado ou deixado de dar a ordem. "Precisamos apurar", disse.

Todos os cadernos de resposta do sábado (6) estavam com os cabeçalhos invertidos. Parte dos cadernos da prova amarela - cerca de 21 mil - veio também com erros de impressão e de montagem.

Durante a coletiva, o ministro disse que o MEC não pretende aplicar novamente a prova pois considerou o número de problemas baixo e espera que a decisão da Justiça Federal do Ceará de cancelar o exame seja revogada. "Estamos seguros de que a prova do Enem é tecnicamente sustentável sob todos os pontos de vista. É absolutamente precisa, e vamos sustentar essa tese até a última instância", disse.

Nesta quarta-feira (10), o MEC pretende disponibilizar requerimento para os estudantes que foram prejudicados pelos problemas do exame. O prazo vai até 16 de novembro.

*Com reportagem de Camila Campanerut

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!