Você sabe po qual motivo se comemora o dia das Mães?

Olá, amigos. Tudo bem?

Hoje eu encontrei um texto legal da Folha UOL, assinada por  Renata Mendonça - Da BBC Brasil em São Paulo.

No texto, ela afirma que "A tradição veio dos gregos, eles celebravam no início da primavera a mãe de todos os deuses, a deusa Rhea, com homenagens, cultos e presentes.". Porém, a oficialização não veio daí. Ela segue "Mas a oficialização desse costume veio no início do século 20, nos Estados Unidos, por insistência de uma mulher que nunca foi mãe, mas decidiu homenagear a sua com um dia para celebrar sua memória."

Renata conta que Anna Jarvis iniciou sua campanha que chamava de "Dia das Mães" quando sua mãe faleceu e que em 1908 ela organizou uma homenagem para sua mãe mesmo sem ser uma data oficializada. Desde então passou a lutar em prol da data.

A luta foi muito longa, durou anos. Segundo a autora, "A motivação de Jarvis veio de uma prece que um dia sua mãe lhe mostrou. "Espero e rezo para que alguém, um dia, reconheça um dia em memória das mães, para celebrar o serviço incomparável que prestam à humanidade em todas as áreas da vida"."

Em 1850, no estado de West Virginia, ela criou uma espécie de grupos de trabalho com mulheres para cuidar de soldados e trabalhar por melhorias na saúde pública. A estes dias de trabalho, ela deu o nome de "Dia das Mães".

A sua luta não era fácil, a quem ela recorria, tratava sua causa com deboche, "Enquanto ela fazia campanha enviando cartas todos os anos para congressistas, governadores, celebridades e pessoas importantes para reservarem um feriado para essa data, os políticos zombavam da situação dizendo que, se oficializassem o Dia das Mães, teriam que instituir também o Dia da Sogra ("Mother in Law Day", em inglês)."

Finalmente, em 1911, sua luta havia começado a render frutos, conforme a autora, (...) todos os estados americanos reconheceram o feriado – três anos depois, houve a oficialização de que em todo segundo domingo de maio seria comemorado o feriado em homenagem às mães.

Como em tudo que fazemos, nem sempre vem só a parte boa, Jarvis percebeu o monstro que havia criado,

"O desejo de Jarvis havia se cumprido e ela finalmente poderia se orgulhar de ter sido a "mãe" do Dia das Mães. Mas, em pouco tempo, ela percebeu que havia "criado um monstro". A data comemorativa virou um excelente pretexto para o comércio, que se aproveitou da oportunidade para estimular a compra de presentes."

Por fim, no Brasil, a oficialização do segundo domingo de maio como Dia das Mães aconteceu em 5 de maio de 1932, por meio de um decreto-lei assinado por Getúlio Vargas.

"O segundo domingo de maio é consagrado às mães, em comemoração aos sentimentos e virtudes que o amor materno concorre para despertar e desenvolver no coração humano, contribuindo para seu aperfeiçoamento no sentido da bondade e da solidariedade humana", diz o texto da lei.

No entanto, apesar das justificativas emocionais dadas no decreto, o que realmente motivou o governo de Getúlio a oficializar a data foi a influência do comércio.

 Para ler mais, acesse o texto completo: http://ceesty.com/wDKZXD

Conexão Segura via HTTPS!

Olá, amigos.

É com muita satisfação que digo para vocês que agora a ligação com este blog é segura.

O protocolo HTTPS é utilizado, em regra, quando se deseja evitar que a informação transmitida entre o cliente e o servidor seja visualizada por terceiros, como por exemplo no caso de compras online. A existência na barra de endereços de um cadeado (que pode ficar do lado esquerdo ou direito, dependendo do navegador utilizado) demonstra a certificação de página segura (SSL/TLS). A existência desse certificado indica o uso do protocolo HTTPS e que a comunicação entre o browser e o servidor se dará de forma segura. Para verificar a identidade do servidor é necessário um duplo clique no cadeado para exibição do certificado.

Nas URLs dos sites o início ficar https://. (Confira na barra de endereços o cadeado que também indica que este é um site seguro.)

#FacebookComprouoTwitter É Mentira

A rivalidade entre usuários do Twitter e do Facebook é tão grande que levou a hashtag “OFacebookComprouTwitter” para o topo dos assuntos mais comentados da rede social nesta quarta-feira. Apesar de milhares de postagens do microblog lamentarem ou ironizarem a aquisição, a notícia não tem nenhuma comprovação.

A empresa fundada por Mark Zuckerberg é dona de várias redes sociais, como Instagram e WhatsApp. Mas o Twitter não faz parte da lista de ativos do Facebook.

Uma das características do Twitter é a postagem de textos curtos, de no máximo 280 caracteres – limite que foi ampliado recentemente, antes eram 140 toques. Essa restrição impede a publicação de textões, como os postados por usuários do Facebook.

Uma das piadas que usuários do Twitter fizeram é que Zuckerberg iria criar um Stories para o microblog. Esse recurso, que permite a postagem temporária de vídeos e fotos, está presente no Facebook, Instagram e WhatsApp.

A origem da fake news pode ser uma montagem feita com uma notícia de um site, que diz que o Facebook comprou o Instagram. Essa notícia não foi publicada.

Usuários do Twitter não precisam se preocupar, ao menos por agora, com essa compra. Procuradas, nenhuma das empresas comentou a notícia falsa. Para o Twitter, não há o que comentar.

Fonte

PRECISAMOS FALAR SOBRE Anita Garibaldi

Amigo leitor, precisamos falar sobre Anita Garibaldi.

Ana Maria de Jesus Ribeiro, mais conhecida como Anita Garibaldi, nasceu em Laguna (SC) em 30 de agosto de 1821 e morreu em Mandriole, Itália em 4 de agosto de 1849. Foi a companheira do revolucionário Giuseppe Garibaldi, sendo conhecida como a “Heroína dos Dois Mundos”. É considerada uma das mulheres mais fortes e corajosas da história.


Anita nasceu na aldeia de Morrinhos, subúrbio do município de Laguna, em Santa Catarina. Seus pais eram descendentes de imigrantes dos Açores. Depois de perder o pai, casou-se, aos 15 anos, por insistência da mãe, com Manuel Duarte Aguiar. Esse matrimônio sem filhos foi um fracasso e durou pouco.

Em 1837, durante a Guerra dos Farrapos, Giuseppe Garibaldi, a serviço da República Rio-Grandense, tomou a cidade portuária de Laguna, transformando-a na primeira capital da República Juliana. Ali, conheceu Anita - e desde então permaneceram juntos. Entusiasmada com os ideais democráticos e liberais de Garibaldi, ela aprende a lutar com espadas e usar armas de fogo, convertendo-se na guerreira que o acompanharia em todos os combates.

A grande fuga

Durante a batalha de Curitibanos, o casal se separa, inadvertidamente, e Anita é capturada pelo exército imperial. Presa, os oficiais a informam de que Garibaldi morreu. Anita, que estava grávida, pede então que a deixem procurar o corpo de seu companheiro entre os mortos. Sem encontrá-lo, e suspeitando que estivesse vivo, ela se aproveita de um descuido dos soldados, salta sobre um cavalo e foge em meio aos disparos de seus perseguidores. Poucos quilômetros depois, depara-se com o rio Canoas e, sem hesitar, lança-se nas águas. A perseguição cessa, pois os soldados acreditam que ela esteja morta. Mas Anita passa à outra margem e vaga durante quatro dias pela mata, sem comer ou beber. Finalmente, reencontra os rebeldes e, na cidade de Vacaria, une-se novamente a Garibaldi. Poucos meses depois nasceria o primeiro filho dos quatro que tiveram.

Posteriormente, em 1841, Anita e Garibaldi seguiram para Montevidéu. A cidade estava sitiada pelas forças do argentino Juan Manuel de Rosas, que apoiava Manuel Oribe contra o ditador Fructuoso Rivera. O casal luta ao lado de Oribe. O sítio durou cerca de nove anos, ao fim dos quais Rivera foi derrotado na batalha de Arroyo Grande.

Batalha de Gianicolo

Anita e Garibaldi casaram-se em 26 de março de 1842, na paróquia de San Bernardino. Em 1847, Garibaldi enviou Anita à Itália, como sua embaixadora, a fim de preparar o terreno para o grande retorno de seu marido, que, acompanhado de um exército de mil homens, pretendia desembarcar na Itália para lutar na primeira guerra da independência italiana, contra a Áustria.

Depois da chegada de Garibaldi, eles seguem para Roma, onde se proclama a República Romana. A cidade, contudo, é atacada por tropas franco-austríacas, e Anita, grávida do quinto filho, luta ao lado de Garibaldi na batalha de Gianicolo. Obrigados a bater em retirada, o casal foge acompanhado de um exército de quase quatro mil soldados. São perseguidos, contudo, por forças francesas, napolitanas e espanholas.

Durante a fuga, quando chegam a San Marino, que também havia se libertado dos austríacos, Garibaldi e Anita não aceitam o salvo-conduto oferecido pelo embaixador norte-americano e decidem prosseguir na fuga. Anita, entretanto, contrai febre tifóide e não resiste. Falece na fazenda Guiccioli, perto de Ravenna, em 4 de agosto de 1849.

Até hoje o verdadeiro motivo de sua morte é contraditório, alguns acham que ela morreu de malária, outros acreditam em febre terciária simples, febre perniciosa ou talvez leucemia. Sua morte precoce fez Giuseppe Garibaldi sofrer muito, assim como seus compatrícios italianos, liberais, uruguaios, farrapos, brasileiros e republicanos. Pelo que se percebe, Anita foi e continua sendo muito amada por todos. Ela dá nome a dois municípios de Santa Catarina – Anita Garibaldi e Anitápolis –, a uma praça em Curitiba e a uma rua no Rio de Janeiro.

Obrigado a fugir para o exílio, que duraria dez anos, Garibaldi sequer pôde acompanhar o funeral da esposa.

Chamada de Heroína dos Dois Mundos, Anita está enterrada na colina de Gianicolo, em Roma, onde ambos são homenageados com estátuas eqüestres.

Fontes:

Oportunidade Emprego Temporário

(Apenas divulgando...)
Consultoria Multinacional seleciona para Companhia Aérea:

Cargo: Agente de Aeroporto
Local: Aeroporto - Fortaleza
Atividades: Desempenhar as atividades operacionais relacionadas a check-in, check-out, embarque, desembarque, emissão e reemissão de bilhetes e documentos da empresa, conexão de clientes e bagagens, por meio dos procedimentos estabelecidos, visando a segurança, qualidade e satisfação do cliente, dentre outras.
Requisitos:
Experiência com atendimento ao cliente; Desejável Inglês intermediário.
Remuneração:
Salário: R$ 1.256,24
Convênio Médico Co- Participativo
Convênio Odontológico; Seguro de Vida; Previdência Privada ; Vale Alimentação
Vale Refeição ; Vale Transporte; Concessão de Passagens; Auxílio Creche; Grêmio.

Informações sobre o contrato:
Projeto com prazo determinado de 180 dias.
Horário de Trabalho: 6 Horas Diárias - Escala 6x1 – Incluindo FDS e FERIADOS


Enviar o currículo para o e- mail denyse.costa@gigroup.com até o dia 04/09/2017.

Ainda vão dizer.


Imagem: https://abrilclaudia.files.wordpress.com/2016/10/


Não são nem sete horas da manhã, mas você já se levantou e tomou café e chegou em seu local de estudo. Então, afasta a cadeira, senta e, após encontrar uma posição confortável, pega a mochila, apanha alguns livros, outro caderno e aquele lápis e aquela caneta que são os verdadeiros companheiros. Aliás, eles sempre acordaram junto com você. Acredita, inclusive, serem “da sorte”.

Você folheia algumas páginas, olha os assuntos que aos poucos vão sendo reveladas e, de posse da caneta, começam alguns rabiscos, ainda que meio tortos, afinal não são nem sete horas. Conforme as horas passam os riscos vão ganhando uma outra forma, começam a aparecer alguns números entre as letras e desenhos para melhor compreensão do conteúdo.

Agora vem uma pausa. Hora do almoço. No máximo duas horas de intervalo e você já está pronto para retomar de onde parou. Tira o lápis que usara como marcador de página do livro e a caneta que usara como marcador de página do caderno.

Após alguns resumos e cálculos feitos, percebe que já chegou a hora de ir para casa.  Então, procura a mochila que estava perdida embaixo da mesa de estudo, abre o zíper e quase como em um ritual começa a devolver o material para ela: o caderno, os livros e o material de escrita.

Chega em casa e já está de noite. Prepara aquela comida rápida com o intuito de voltar o mais rápido possível ao material que produzira durante o dia, como uma forma de revisar o que estudou.

Ainda insatisfeito com o estudo do dia, adentra a madrugada preparado os assuntos do dia seguinte. Só irá parar quando estiver tudo esquematizado. Nisso já são quase duas horas da manhã, mas precisa ir dormir, porque quando nem for sete horas da manhã já vai ter que está no local de estudo.

Depois disso, ainda vão dizer que tudo o que você conquistou foi, meramente, sorte.

#setembroverde Viver é uma grande conquista. Ajude mais pessoas a serem vencedoras.

"É um ato de salvar vidas". O relato emocionado feito pelo judoca Bruno Cunha, transplantado de um rim, resumiu o que significa a doação de órgãos. Uma campanha lançada neste sábado na Casa Brasil tem o objetivo de incentivar ainda mais a iniciativa no país, aproveitando a realização das Paralimpíadas no Rio de Janeiro.

A campanha do Ministério da Saúde, que tem o slogan "Viver é uma grande conquista. Ajude mais pessoas a serem vencedoras", mostra atletas transplantados e busca estimular a população a conversar com as famílias sobre a intenção de doar órgãos. No Brasil, a doação, nos casos de morte encefálica, precisa de autorização da família.

No primeiro semestre deste ano, o país bateu o recorde, com 1.438 doadores, 7,4% a mais que no mesmo período do ano passado. A meta é alcançar 14,4 doadores por milhão de população (pmp). O índice atual é 14 pmp. A taxa de aceitação familiar no Brasil é de 56%, o que configura a menor taxa de recusa da América Latina. "O milagre todo desta história quem faz são os doadores. Gostaria de dizer a todas as famílias do Brasil que este é um ato de amor, de coragem, que salva pessoas que poderiam ter suas vidas interrompidas", declarou Bruno, que voltou ao esporte após o transplante.

Foram realizados 12.091 transplantes entre janeiro e junho, com crescimento de procedimentos em órgãos mais complexos como pulmão (31% a mais), fígado (6%) e coração (7%), em comparação com o primeiro semestre de 2015.

Transplantada de um pulmão há cinco anos, Liège Gautério, medalhista de ouro nos 100 metros e prata nos 200 metros nos Jogos Mundiais para Transplantados, em agosto de 2015, na Argentina, diz que as conquistas representam a importância da doação. "Esse gesto solidário num momento tão difícil para uma família me deu a segunda chance de viver", afirmou.

A conversa com a família deve ser incentivada para que os números continuem crescendo, segundo o secretário de Atenção à Saúde do Ministério, Francisco de Assis Figueiredo. "Há uma necessidade de conscientização junto à família", lembrou.

O Ministério da Saúde homenageou o cantor Fábio Beça, do Grupo Bom Gosto, por emplacar ações sociais em prol da doação de órgãos. Fábio passou por um transplante renal e lançou uma campanha reunindo personalidades do samba. Também foram homenageadas a Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) e a Secretaria de Saúde do Paraná.

Equipe Casa Brasil

Fonte:  
http://www.brasil2016.gov.br/pt-br/casabrasil/campanha-para-doacao-de-orgaos-e-lancada-com-a-participacao-de-atletas