Enquanto isso em Fortaleza/Ce...

Estação tombada será rebaixada
Um dos obstáculos no caminho do metrô de fortaleza é a estação de trem, na Parangaba. Construído no século XIX, o prédio foi tombado pelo patrimônio histórico depois de um acordo entre Prefeitura e Governo, e o projeto do Metrofor que passava exatamente pelo local teve que ser modificado.

Para viabilizar o projeto do metrô, os técnicos vão utilizar um método construtivo inédito. Toda a estação será rebaixada por igual em 3,5 m. Do jeito que está, o topo da estação tocaria na linha férrea do metrô e invialibizaria a obra.
Um escritório foi montado para que o projeto seja acompanhado de perto. O engenheiro responsável, especialista em restauração, explica como será o rebaixamento de toda a estrutura. “Nós vamos escavar, e fazer duas cortinas de concreto de cada lado da estação, para protegê-la de abalos externos. Depois de feita essa solidez, nós vamos cavar o solo por dentro e por fora, pois o solo já vai estar protegido pela cortina de concreto”, explicou o engenheiro civil Pádua Rodrigues.

Os moradores, que exigiram a preservação do imóvel, ficam de olho na obra. “A gente vê agora um resultado concreto que é o rebaixamento e a preservação desse patrimônio da Parangaba”, comentou o historiador João Paulo Vieira.

O Governo pretende concluir a restauração em 90 dias. A partir deste sábado (20), trechos da avenida Tristão Gonçalves e da rua Castro e Silva, no centro de Fortaleza, serão interditados. É por causa das obras de escavação do túnel do Metrofor, que vai ligar as estações da Lagoinha e João Felipe. Só a passagem de pedestres será permitida.

Com informações do Bom dia CE

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!