News Bizarras: Casal reclama de discriminação por não poder limpar o jardim seminu

Um casal norte-americano que vive em Boulder, no estado do Colorado (EUA), se queixa de discriminação por não poder andar seminu --usar apenas a roupa de baixo-- enquanto está limpando o jardim, segundo reportagem do jornal "Daily Camera".


De acordo com o periódico, os vizinhos ligaram para a polícia para reclamar que Robert Pierce, de 58 anos, estava de cueca, enquanto Catharine Pierce usava apenas uma calcinha, além de um tapa-seios, que é utilizado frequentemente por strippers, no jardim.


Eles alegam que não estão violando a lei, porque suas genitais não estão expostas. Segundo a porta-voz da polícia de Boulder, Sarah Huntley, Robert e Catharine têm razão e não podem ser presos, pois não infringiram nenhuma lei por andar dessa forma.

No entanto a instituição responsável pelo imóvel enviou uma carta para o casal, afirmando que o comportamento não é adequado para comunidade. Segundo o órgão, uma cláusula proíbe comportamentos incômodos e a violação pode ser motivo para despejo.

O casal acredita que o órgão está infringindo seus direitos fundamentais. "Queremos a nossa liberdade", disse Robert. "Nós queremos exatamente o que a lei nos dá, e não queremos ser incomodados sobre isso", acrescentou ele.

"Essa não é uma questão jurídica, é uma questão da comunidade", disse Betsy Martens, diretora-executiva da "Boulder Housing Partners", instituição que facilita a compra de casas populares. Emily Hink, que vive no bairro, disse que não é contra as pessoas andarem nuas em suas casas, ou mesmo em um quintal cercado, mas a residência dos Pierces fica próxima de uma escola. "Há muitos parques por aqui e há muitas crianças em volta", disse Hink.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!