Comercial é proibido nos Estados Unidos por mostrar 'muita carne'

Um comercial de lingerie foi proibido de ir ao ar nos Estados Unidos por - pasme! - mostrar "muita carne". Os executivo das rede ABC decidiram que a peça publicitária é muito sexy para ser exibida. Segundo eles, a modelo Ashley Graham, revela demais os traços do corpo, principalmente dos seios.

A companhia Lane Bryant, que tem as fofinhas como público-alvo, planejava pôr o comercial no ar na rede americana este fim de semana, durante a exibição do popular programa "Dancing with the Stars".

"Parece uma clara discriminação contra a mulheres de manequim grande", disse a empresa.

A Lane Bryant teve problemas também com a Fox, mas convenceu a emissora a exibir a peça no último intervalo de "American Idol".

A ABC não se manifestou sobre o caso.

O vídeo veja aqui

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!