Órfãos de séries

'Lost´,´Arquivo X´, ´Roswell´ e ´Friends´ foram seriados de sucesso no mundo inteiro. Mas o que acontece com os fanáticos desses programas de TV após o fim deles?
Um dos casos emblemáticos é “Friends”. O episódio final da série, em 2004, foi classificado como o maior momento da TV dos Estados Unidos, tendo sido o segundo programa mais visto daquele ano – só perdeu apenas para o mega evento esportivo, Super Bowl.
No Brasil, a história que conta o dia a dia de uma turma de amigos residentes em Nova York também conquistou milhares de fãs. Ainda hoje o seriado é exibido na TV fechada e a comunidade do Orkut conta com mais de 200 mil pessoas.
Lá, é possível encontrar desde comentários recentes sobre episódios da série, até jogos e chats que servem de interação para os membros.
O estudante de direito, Paulo Coelho, 26 anos, é um dos participantes. Ele começou a ver “Friends” em 1998 e até hoje, sempre que pode, assiste novamente aos capítulos. “Todas as vezes que estou trocando de canal e está passando ´Friends´, eu assisto. Alguns episódios eu já devo ter visto mais de 30 vezes”, afirmou.
A fama que os atores ganharam durante a época das exibições gerou e ainda gera expectativas entre os fãs de um possível retorno com uma produção diferente. Paulo espera que um filme com o mesmo formato da série possa ser lançado. “A cada dia que passa, a série ganha mais fama mundialmente, o que alimenta os rumores de um possível filme serem bem reais”, comentou Paulo.
Mistério
A tonalidade de mistérios e eventos sobrenaturais também é outra fórmula de sucesso. A receita foi usada por seriados como “Arquivo X” e “Roswell”. Ambos exploraram um enredo envolvendo fenômenos paranormais e extraterrestres, sendo que “Arquivo X” ainda resultou em dois longas e arrebatou três Globos de Ouro na categoria Melhor Série de Drama.
O fenômeno ´Lost´
“Lost” também explorou muito esse lado e o da imaginação. O resultado foi positivo. O último capítulo foi exibido no dia 23 de maio nos EUA e foi visto por cerca de 13,5 milhões de pessoas. Mas, verdade é que além desse número oficial, registrado pela audiência da TV americana, inúmeras pessoas do planeta acompanharam, via internet, o desfecho da série de grandes investimentos. O sucesso no Brasil é enorme. No nosso país, foi criado o site que se intitula o maior portal sobre “Lost” da América Latina. No lostbrasil.com, você pode encontrar podcasts, livros, sinopses, entrevistas com produtores, entre outras coisas relacionadas a trama.
Outra prova do sucesso é a comunidade oficial do Orkut, que já conta com mais de 400 mil membros. Desde o controverso fim da série, a movimentação ainda é intensa com jogos e, principalmente, comentários. No tópico sobre os dois últimos episódios são mais de 8 mil participações, aprovando, discordando, explicando alguns mistérios e, até, inventando rumos diferentes para o polêmico “Season Finale”.
Um desses fanáticos é o universitário João Romero, 20 anos, que conta o motivo pelo qual a série foi tão cativante: “Além de comédia, suspense e romance, ´Lost´ abusou de mistérios. Muita gente corria para a internet para pesquisar algo que aparecia no episódio”. Romero agora espera pelo lançamento dos DVDs da última temporada. “Agora que ´Lost´ acabou, resta esperar sair o box da 6ª temporada. Vou comprar para ter tudo de ´Lost´ “.
´Armação Ilimitada´. Quem não se lembra das aventuras de Juba, Lula, Bacana e Zelda Scotty? Série inesquecível.
(Eu não lembro, mas tudo bem!)
SÉRIE ´ARMAÇÃO Ilimitada´ vai ser sempre lembrada pela irreverência, ousadia e esportes radicais.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!