Sony suspende a venda de acessório que 'desbloqueia' o PlayStation 3

A Sony conseguiu suspender as vendas do acessório que permite aos jogadores desbloquearem o PlayStation 3, permitindo rodar jogos e aplicativos sem a autorização da empresa. O “PS Jailbreak” estava sendo vendido em uma loja on-line na Austrália.


Além da suspensão da venda do acessório, que combina um dispositivo USB que possui um programa próprio chamado “Backup Manager” e o disco rígido do console ou drives de memória externo para armazenar os games, que podem ser baixados da internet, a Sony confiscou o produto. A companhia irá analisar como funciona o desbloqueio e afirma que pode lançar uma atualização de sistema que poderá bloquear o “PS Jailbreak”.

Até então, na internet, era possível adquirir o sistema por cerca de 170 dólares australianos. Na Austrália, a utilização de “modchips”, peças que desbloqueiam os videogames, não é ilegal até que o uso de jogos copiados ilegalmente sejam utilizados. A Sony tem até esta terça-feira (31) para apresentar sua defesa no tribunal e a decisão do juiz poderá proibir definitivamente a comercialização do “PS Jailbreak”.

Da atual geração de consoles, o PlayStation 3 era o único que não tinha sido desbloqueado. O Wii, da Nintendo, e o Xbox 360, da Microsoft, já possuem jogos piratas. O PSJailbreak deve se popularizar rapidamente porque não exige gravadores de disco para rodar os games – o conteúdo fica armazenado no disco rígido.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!