TSE cassa registro de candidatura de ex-governador de Roraima

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou nesta quarta-feira (3) o registro de candidatura do ex-governador de Roraima Flamarion Portela (PTC), eleito deputado estadual com 2.295 mil votos. O plenário manteve a decisão do ministro relator do caso, Marcelo Ribeiro. Cabe recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Portela foi considerado inelegível com base na Lei da Ficha Limpa porque, em 2004, teve os direitos políticos suspensos pelo TSE, acusado de compra de votos e uso da máquina pública nas eleições de 2002. Na época, ele negou envolvimento com irregularidades. O G1 não conseguiu contato com o ex-governador.

O ex-governador do estado teve o registro liberado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR), mas o Ministério Público Eleitoral recorreu ao TSE. Na época da condenação, Portela teve o diploma de governador cassado e foi condenado a pagar multa.
 

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!