Celulares de São Paulo poderão começar com o número 5 a partir de abril

A partir de 4 de abril, as novas linhas de telefonia celular na cidade de São Paulo poderão começar com o dígito 5, antes reservado apenas a números fixos. A medida foi anunciada nesta quarta-feira (23) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e visa a aumentar a capacidade de numeração para celulares na capital paulista. Segundo a agência, a nova regra pode aumentar em 6,9 milhões os números disponíveis na área de cobertura 11.

Hoje, a capacidade de numeração nessa região é de 37 milhões. Dados apresentados também nesta quarta apontaram que em janeiro deste ano a área 11 já contava com mais de 28 milhões de assinantes, o que mostrava um possível estrangulamento futuro do sistema. Com a adição do dígito 5 aos números, essa capacidade aumentará para 43,9 milhões.

Como os números iniciados pelo dígito 5 também são utilizados por telefones fixos, caberá às operadoras avisar ao usuário quando ele estiver ligando para um celular. Quando realizada uma chamada para um telefone móvel, será ouvida a mensagem "chamada para celular".

A regra durará enquanto a Anatel não implementar a medida anunciada anteriormente que previa a criação de um dígito a mais para aparelhos celulares na região do código de área 11, prevista apenas para 2012. A ideia anterior era habilitar novas linhas com nove números, ao invés dos oito atuais, o que expandiria consideravelmente a capacidade da telefonia móvel em São Paulo.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!