Massa se beneficia de desclassificação da Sauber e é sétimo, mas admite não ter ido bem

Não foi o começo dos sonhos para o brasileiro Felipe Massa da Ferrari, que terminou o Grande Prêmio da Austrália apenas na nona posição, sendo beneficiado depois pela eliminação da dupla da Sauber e ficando com o sétimo posto. Ao contrário do que se pensava, um do seus calcanhares de aquiles foi justamente o conjunto de pneus da Pirelli.

"Na largada as coisas pareciam que iam começar com o pé direito, sendo que saí bem e ainda me defendi das investidas de Button. Depois eu tentei antecipar a utilização dos pneus duros mas não deu muito certo e no final eu ainda tive de fazer mais uma parada que me fez perder alguns lugares", explica o brasileiro. "Eu sofri muito com a degradação dos pneus traseiros e não consegui manter um bom ritmo, mas os novos elementos, como a asa traseira, trabalharam como deveriam e definitivamente vimos mais ultrapassagens que no ano passado".

Um dos momentos mais bonitos da corrida hoje aconteceu justamente com Massa, que teve de segurar o veloz Jenson Button nas primeiras voltas, em uma disputa que durou exatamente 12 giros, sendo que o inglês só passou o piloto da Ferrari cortando caminho.

"A disputa com Button foi muito duro e quando ele me passou cortando a chicane eu já esperava que ele fosse punido", explicou Massa, que admite. "Estou um pouco desapontado com o resultado e o desempenho em geral neste final de semana. Temos de começar a trabalhar para tentarmos entender o que aconteceu porque eu acho que não mostramos nosso verdadeiro potencial".

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!