Universitária diz ter sido atacada por colega após denunciar bullying

A estudante de enfermagem Ana Claudia Karen Lauer, de 20 anos, afirma ter sido espancada por três alunas na tarde desta sexta-feira (1º), em frente do Centro Universitário Barão de Mauá, em Ribeirão Preto, no interior paulista. Ela teve fratura no nariz. A universidade afirma que uma sindicância foi instaurada para apurar o caso.

Segundo a estudante, a agressão teria acontecido porque ela reclamou à coordenação do Centro Universitário que estaria sofrendo bullying e sendo hostilizada por colegas. Ana Cláudia pediu transferência para a faculdade há três meses e cursa disciplinas em diferentes salas.

Na quinta-feira (31), a estudante denunciou à universidade que era perseguida por colegas. Ao chegar na sala de aula no dia seguinte, ela teria sido questionada pelos colegas. No final da aula, duas universitárias começaram a discutir com ela e uma terceira a agrediu com o capacete de motociclista. Ana Cláudia disse ainda que ninguém da faculdade interferiu na briga e que foi socorrida por uma aluna que ela não conhecia.

As supostas agressoras foram ouvidas na Delegacia de Defesa da Mulher e liberadas.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!