Dagoberto pede pouco menos de R$ 300 mil; SPFC diz que só Rogério e Luís Fabiano merecem tanto

De acordo com a cartolagem do São Paulo, Dagoberto pediu pouco menos de R$ 300 mil mensais para renovar contrato. O clube alega que o valor ultrapassa o teto de R$ 200 mil estipulado pela diretoria.
Segundo os cartolas, só Rogério Ceni e Luís Fabiano ultrapassam esse valor. E, para a cúpula tricolor, Dagoberto não merece a mesma regalia. Os dirigentes alegam também que o clube do Morumbi paga premiações melhores do que a maioria dos concorrentes. Isso faria o teto salarial compensar para o atacante.

Conformada com iminente saída do jogador, a direção são-paulina afirma ter um pacto com Santos e Palmeiras para que um não faça proposta para jogadores do outro sem avisar o presidente primeiro. A inciativa teria partido do santista Luiz Álvaro de Oliveira Ribeiro. Ele temia que os adversários fossem usados como ponte para Ganso se transferir para o exterior.

Por isso, os são-paulinos não acreditam que Dagoberto já tenha um pré-contrato com o alvinegro do litoral. Também ouviram do atleta que sua prioridade é acertar com um time europeu, apesar do namoro com o Inter.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!