Disputado por gigantes europeus, Neymar diz: 'Não tenho por que sair'

Neymar é alvo dos gigantes Real Madrid e Barcelona, já recusou proposta milionária do Chelsea, mas voltou a afirmar que não quer deixar o Santos tão cedo. Nesta segunda-feira, um dia depois da vitória por 3 a 1 sobre o Corinthians, no Pacaembu, o atacante praticamente não respondeu sobre o clássico. 

Em meio às especulações sobre seu futuro, Neymar avisou que vai ficar na Vila Belmiro até quando “achar possível”. No fim deste ano, ele garante que não sai.
- Já deixei bem claro que um dia desejo jogar na Europa, mas vou ficar aqui até quando eu achar possível. Já falei que estou muito feliz, não tem por que sair. Estou perto da minha família e amigos – avisou o santista.

Em pouco mais de dez minutos de entrevista coletiva no CT Rei Pelé, Neymar mostrou jogo de cintura e respondeu a maioria das perguntas com um sorriso no rosto. Afirmou que sabe do interesse dos rivais espanhóis e é informado de tudo pelo pai, não assegurou sua permanência após os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, mas avisou que não vai sair do Santos apenas por dinheiro.

Confira os principais trechos da entrevista de Neymar:
Especulações sobre a saída do Santos
"Já deixei o clube um monte de vezes, essa é mais uma. Não adianta mais eu falar nada, mas já está resolvido e cravado: não estou acertado com nenhum clube. É o certo, é o que está decidido. Vou trazer um gravador daqui a pouco. Vou ficar no Santos, está cravado que não saio na próxima janela. Se depender de mim, continuo aqui por muito tempo."

Participação nas negociações com Real e Barcelona
"Eu sei de tudo, meu pai sempre está por dentro de tudo também. É ele quem toma conta da minha carreira. Eu e ele decidimos tudo. Minha família sempre foi muito unida e por isso tomamos conta de tudo."

Peso da questão financeira
"Dinheiro não pesa. Vocês já viram no passado que o dinheiro não pesa, e sim a felicidade. Não sou um cara que gosta de mentir. Já tive muitos problemas, sempre vim aqui esclarecer tudo, falar sobre tudo. Não tenho motivo para esconder nada de ninguém."

Felicidade no Santos
"É o que pesa. Estando feliz, não tem motivo para sair. A felicidade é o que importa, estou com meus amigos e minha família. Um dia vou acabar me distanciando, mas estar feliz é o que mais pesa."

Fica até quando?
"Vou ficar até a próxima janela, até o centenário, até os Jogos Olímpicos. Depois não tem como garantir. Não consigo nem garantir se vou jogar amanhã, não dá para garantir daqui a um ano, um ano e meio. Ainda tem chão até lá, muito jogo para ser jogado. Hoje, o certo é que sou do Santos."

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!