Facebook confirma que botão Curtir repassa dados dos usuários e promete correção dos cookies

Do Escritório de Chuck Norris


Os boatos que o Facebook rastreava a navegação de seus usuários mesmo após eles fazerem logout da rede social eram verdadeiros. A própria companhia admitiu o erro após a informação ter sido vazada pelo hacker e pesquisador de Internet Nik Cubrilovic na última segunda-feira (26).

Engenheiros da empresa de Mark Zuckerberg teriam entrado em contato com Nik nesta terça-feira para conversar sobre o assunto. Segundo Cubrilovic, após um longo bate-papo de 40 minutos pelo telefone, os representantes da rede social afirmaram que iriam corrigir este problema em no máximo 24 horas. A solução, no entanto, não vai acabar com os cookies do site, apenas fará com que eles não sejam mais identificáveis.

Toda a polêmica começou quando o pesquisador australiano divulgou um estudo em que analisou os códigos de programação do Facebook e percebeu que bastava um usuário clicar no botão “Curtir”para ele começar a ter seus dados rastreados – sem nenhum tipo de aviso ou pergunta.

Arturo Bejar, diretor de engenharia do site, afirmou que, apesar de as informações serem redirecionadas para os servidores da rede, elas eram logo apagadas e não tinham nenhum uso extra – como fazer análise de mercado ou vendê-las para anunciantes da página. Ainda assim, o problema foi visto como grave por boa parte da mídia de todo o mundo.

Via TNW

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!