Enem 2011: no Piauí, estudantes são retirados das salas de aula por não usar caneta transparente

TERESINA (PI) - Vários estudantes foram retirados das salas de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011, na Faculdade Aliança, no centro de Teresina (PI), porque não utilizavam canetas esferográficas de tinta preta feitas de material transparente. Os candidatos se sentiram injustiçados e anunciaram que vão ingressar com uma representação junto ao Ministério Público.

Uma jovem foi obrigada a deixar o local de prova porque estava com uma lapiseira de metal e o uso de objetos metálicos é proibido nas salas onde as provas são aplicadas. Quem estava com canetas, lápis e relógios, que tinha passado pelos portões sem retirar o acessório, também foram retirados.

Um dos prejudicados, o estudante Isaac Ferreira, de 28 anos, foi retirado da sala após 40 minutos do exame e tinha respondido apenas 25 questões. Ele contou que pessoas também saíram por estarem de brincos.

- Fui retirado da sala de aplicação das provas do Enem pelos organizadores porque os organizadores alegaram que a caneta não era transparente e não dava para ver a cor da tinta da caneta. Eu estava fazendo prova há 40 minutos e tinha respondido 25 questões. Algumas pessoas foram retiradas das salas de aplicação de provas porque estavam, de brincos que podem esconder informações - disse Isaac, que ainda não escolheu o curso esperando o resultado do numero de pontos que conquistou.

Ele questionou o critério dos fiscais no Enem.

- O edital fala que a caneta deve ser substituída e não da retirada do candidato do local de aplicação das provas - afirmou Isaac Ferreira.

© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!