'Quero entrar com 100%', diz formada em Letras que faz Enem em MS

No segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Campo Grande, os portões abriram pontualmente às 12 horas (horário de MS) deste domingo (23) em uma universidade privada da cidade. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), o local recebeu mais de 8 mil inscritos.

Não houve transtornos durante a abertura dos portões. A autônoma Irma da Silva Alves, 36 anos, vai com otimismo para o segundo dia de prova. “Ontem, acho que fui bem. E hoje vim para ir melhor. Pensamento positivo sempre”, diz. Irma concluiu o ensino médio em 2008 e se preparou em cursinhos.

A professora Vera Lúcia Martins Branco, 52 anos, formada em Letras, quer tentar o curso de pedagogia ou direito no Enem 2011. Ela diz que saiu-se bem no primeiro dia de prova, mas não garante repetir o desempenho em assuntos que ela não domina. “Espero que hoje eu melhore na redação. Não estou nervosa com a redação pois é algo que domino. Quero arrasar e entrar com 100% na faculdade”, diz.
A estudante Natália Silva Gomes, 16 anos, diz estar tranquila com relação à redação, mas teme as provas de exatas. Ela quer ingressar no curso de medicina.

Lucilha Telles conta que teve dor de cabeça no 1º dia de prova (Foto: Ricardo Campos Jr. / G1 MS) 
Lucilha Telles conta que teve dor de cabeça no 1º
dia de prova (Foto: Ricardo Campos Jr. / G1 MS)
 
Já a diarista Lucilha Telles, 41 anos, conta que fez a prova no sábado (22) com dor de cabeça e acredita que isso a tenha atrapalhado. Ela ainda cursa o ensino médio e está concorrendo no Enem para eliminar matérias. “Ontem, acho que fui razoavelmente bem. Estou na expectativa em relação ao tema da redação. Que seja um tema atual”, diz.

Kelda Sandim Iwachi, que cursa o segundo ano do ensino médio, faz o Enem como um teste para o próximo ano. Mesmo treinando, ela encara a prova como válida para o ingresso em uma faculdade. “Quero detonar, para mim isso aqui é um treino. Quero sentir esse clima para arrasar no ano que vem”, afirma. (Fonte: G1)

0 Comentário(s):

Postar um comentário

Gostou da matéria?
Que tal deixar um comentário aqui pra mim?
Você comenta bem rapidinho!